Ainda Não te Registaste? Clica aqui para o fazeres é Gratuito

Índice do Fórum www . Bombeiros - Portugal . net
www . Bombeiros - Portugal . net
O Ponto de Encontro de Todos Os Bombeiros
 
   Página InicialPortal AlbumAlbum  PortalForum FAQFAQ   PesquisarPesquisar   MembrosMembros   GruposGrupos   CalendarioCalendario  Lista de utilizadores BanidosLista de utilizadores Banidos   RegistarRegistar 
 Recomendar site a um amigoRecomendar  PerfilPerfil    Ligar e ver Mensagens PrivadasLigar e ver Mensagens Privadas    EntrarEntrar  Ocorrências ActivasOcorrências Activas  Ocorrências ActivasRisco de Incêndio   LinksLinks   Links>Chat 
 Envie NoticiasEnviar Noticias  VideosVideos  EventosAdicionar Eventos  EventosEnviar Fotografias


Oficiais Bombeiros

Ir à página 1, 2  Seguinte
 
Novo Tópico   Responder a Mensagem    Índice do Fórum www . Bombeiros - Portugal . net -> Criticas e Sugestões...
















Ver mensagem anterior :: Ver mensagem seguinte  
Autor Mensagem
JLima



Sexo: Sexo:Masculino
Registrado em: 30 Nov 2007
Mensagens: 4

MensagemColocada: Sex Nov 30, 2007 4:46 pm    Assunto:
Oficiais Bombeiros
    Responder com Citação

Olá bombeiral.

Gostaria de lançar aqui a polémica da categoria do Oficial Bombeiro.

Segundo o Dec.Lei n.º 247/2007 de 27 de Junho, no seu artigo 13º diz:

1- O quadro activo compreende as seguintes carreiras verticais :
a) Carreira de oficial bombeiro;
b) Carreira de bombeiro;
2- À carreira de oficial bombeiro correspondem funç~~oes técnicas superiores de chefia
3- À carreira de bombeiro correspondem funções de execução e chefia intermédia.

E esta hem !!!!

Então andamos uma vida inteira a estudar e a tirar cursos da especialidade e somos considerados chefia intermédia????

Isso realmente precisa de uma volta.

Fiquem bem.
Voltar ao topo
Google
AdSense






Posto: Chefe
Corpo de Bombeiro: Seixal

MensagemColocada: Sex Nov 30, 2007 4:46 pm    Assunto:
Click Aqui para Ajudar O site
   





Cursos: Tripulante de Ambulância de Transporte, Salvamento e Desencarceramento, Nadador-Salvador, Ambiente Saúde Higiene e Segurança, Formação Pedagógica Inicial de Formadores, Organização e Liderança, Gestão Operacional / Práticas de Combate a Incêndios
Voltar ao topo
MISCÓ



Sexo: Sexo:Masculino
Registrado em: 27 Ago 2006
Mensagens: 5
Local/Origem: 2ª Companhia B.V.M.V. - Arazede
Posto: Sub-Chefe
Corpo de Bombeiro: B.V. Montemor-o-Velho - 2ª Companhia Arazede

MensagemColocada: Sex Nov 30, 2007 10:20 pm    Assunto:
    Responder com Citação

Caro JLima é bom ter trazido este tema a descução porque o que dá a entender é que agora resolveram criar bombeiros técnicos ( oficial) e bombeiros para trabalhar ; eu ainda estou para ver é quando for para ir para a frente do fogo quem são os bombeiros que vão se são esses bombeiros "técnicos" ou serão os "pretos"?????
Felicidades .

Cursos: Salvamento e Desencarceramento, Condução Todo-o-Terreno / Combate a Incêndios para equipas de 1ª Intervenção
Voltar ao topo
JLima



Sexo: Sexo:Masculino
Registrado em: 30 Nov 2007
Mensagens: 4

Posto: Chefe
Corpo de Bombeiro: Seixal

MensagemColocada: Qua Dez 05, 2007 7:02 pm    Assunto:
Lamento
    Responder com Citação

Efectivamente lamento que este tema não tido da parte dos participantes deste forum a atenção devida.
É por estas e por outras que a classe bombeiral está como está onde ninguém nos respeita e considera, principalmente a nível governamental onde continuam a criar tachos para os amigos e conhecidos á custa do Zé bombeiro que ao fim e ao cabo é a razão de eles existirem.
Mas deixemos de lamurias afinal só temos aquilo que merecemos.

Para todos um Feliz e Santo Natal.

Cursos: Tripulante de Ambulância de Transporte, Salvamento e Desencarceramento, Nadador-Salvador, Ambiente Saúde Higiene e Segurança, Formação Pedagógica Inicial de Formadores, Organização e Liderança, Gestão Operacional / Práticas de Combate a Incêndios
Voltar ao topo
spitfire



Sexo: Sexo:Masculino
Registrado em: 20 Jan 2008
Mensagens: 14

Corpo de Bombeiro: Nenhum

MensagemColocada: Dom Jan 20, 2008 9:57 pm    Assunto:
    Responder com Citação

Penso que não passará de uma forma de passar os Adjuntos Equiparados para o Q. Activo.
Tenhamos calma e aguardemos pela regulamentação própria.

Spitfire

_________________
Spitfire

Cursos: Tripulante de Ambulância de Transporte, Salvamento e Desencarceramento / Chefe de Equipa de Combate a Incêndios Florestais
Voltar ao topo
white_eagle



Sexo: Sexo:Masculino
Registrado em: 26 Nov 2006
Mensagens: 72
Local/Origem: Alcoitão-Cascais
Posto: Bombeiro de 3ª
Corpo de Bombeiro: Bomb. São Pedro de Sintra

MensagemColocada: Dom Jan 20, 2008 11:40 pm    Assunto:
    Responder com Citação

O Decreto-Lei n.o 247/2007, de 27 de Junho, que define o regime
jurídico aplicável à constituição, organização, funcionamento e extinção
dos corpos de bombeiros, determinou a extinção dos quadros
de auxiliares e especialistas.
O mesmo diploma, no seu artigo 27.o, estabelece que a respectiva
transição se procede nos termos que vierem a ser fixados por despacho
do membro do Governo responsável pela área da administração
interna.
Assim, nos termos das competências que me foram delegadas pelo
despacho n.o 13 396/2007, de 8 de Junho, publicado no Diário da
República, 2.a série, de 3 de Julho de 2007, do Ministro da Administração
Interna, ouvida a Liga dos Bombeiros Portugueses, determino:
a) Os bombeiros integrantes dos quadros de auxiliares e especialistas,
detentores de curso superior reconhecido, passam a integrar,
como supranumerários, o quadro activo com a categoria de oficial
bombeiro de 2.a, desde que desempenhem funções, no anterior quadro
há mais de um ano
;

b) Os restantes bombeiros integrantes dos quadros de auxiliares
e especialistas passam a integrar o quadro activo, como supranumerários,
com a categoria que detinham no quadro de origem;
c)Os bombeiros integrantes dos quadros de auxiliares e especialistas
que, à data da publicação do Decreto-Lei n.o 247/2007, de 27 de
Junho, se encontravam sem categoria definida, passam a integrar o
quadro activo, como supranumerários, com a categoria de bombeiro
de 3.a;
d) Os lugares criados nos quadros activos e decorrentes da extinção
dos quadros de auxiliares e especialistas não contam para a dotação
prevista no artigo 10.o do diploma acima referido e extinguem-se
quando vagarem.
6 de Setembro de 2007.—O Secretário de Estado da Protecção
Civil, Ascenso Luís Seixas Simões.


Como vê não é necessário sair nenhuma legislação, neste momento já não existem Adjuntos Equiparados, existem Oficiais Bombeiros de 2ª....

Cursos: Técnicas de Socorrismo, Salvamento e Desencarceramento, Acidentes com Matérias Perigosas, Ambiente Saúde Higiene e Segurança, Combate a Incêndios para equipas de 1ª Intervenção, Fenomenologia da combustão e agentes extintores , Formação Pedagógica Inicial de Formadores, Formador de Tecnologias de Base, Gestão de Conflitos, Gestão de Stress, Gestão Operacional, Global Positioning System (GPS), Hidráulica, equipamentos e veículos , Manobras de Apoio á Extinção de Incêndios Urbanos e Industriais, Manobras de busca e salvamento , Novas Tecnologias de Informação e Comunicação, Organização dos edifícios, instalações e redes técnicas , Organização e Liderança, Organização e sistemas de comando e controlo , Práticas de Combate a Incêndios, Segurança e higiene do trabalho , Sistemas de Informação Geográfica, Técnicas de escoramento e desobstrução , Técnico Analista de Segurança Contra Incêndios / Topografia Aplicada
Voltar ao topo
flashover



Sexo: Sexo:Masculino
Registrado em: 17 Nov 2007
Mensagens: 7

Posto: Sub-Chefe
Corpo de Bombeiro: A.H.B.V.

MensagemColocada: Sáb Fev 02, 2008 6:58 pm    Assunto:
    Responder com Citação

É necessario saber onde e como se vão enquadrar os oficiais bombeiros,ja sabemos que estao no quadro activo mas quais os (galoes???) o que vao fazer as chefias. ja basta haver demasiados "mandantes" nos TO.Para se arranjar ainda mais alguns.Eu acho que esta lei veio no sentido de por os adjt equiparados num patamar que na outra lei nao o tinham nem sequer podiam comandar . Há muitas questoes que deviam ser respondidas e muitas duvidas tiradas ate eu mesmo as tenho quando um desses paraquedistas cair no meu cb individuos sem experiencia de combate com profissoes que nao permitem (as muitos) uma permanencia que é necessaria á experiencia que muitos bombeiros so vao conhecer nas ferias deles ou numa altura em que a circunstancia exige (festas) a ver vamos e eu estarei ca para ver.SAUDAÇOES

Cursos: Tripulante de Ambulância de Transporte, Salvamento e Desencarceramento, Novas Tecnologias de Informação e Comunicação, Gestão de Stress, Ambiente Saúde Higiene e Segurança, Chefe de Equipa de Combate a Incêndios Florestais, Organização e Liderança / Topografia Aplicada
Voltar ao topo
firejust



Sexo: Sexo:Masculino
Registrado em: 18 Abr 2008
Mensagens: 83

Posto: Bombeiro de 1ª
Corpo de Bombeiro: Nenhum

MensagemColocada: Ter Abr 22, 2008 10:40 am    Assunto:
    Responder com Citação

Podem agradecer esta palhaçada ao senhor Duarte Caldeira! Não chegou já o tempo dos Comandantes paraquedistas nos bombeiros?? Agora que finalmente temos gente capaz, com formação e anos de experiência a assumir o comando dos CB com resultados positivos é que vêm pôr licenciados??? Muitos saem das universidades sem saber ler nem escrever!!
Canudo e mangueira já há que chegue nos bombeiros!!
Esta foi das piores coisas que aconteceram nos bombeiros e o tempo se encarregará de mostrar...

Cump

Cursos: Tripulante de Ambulância de Transporte, Salvamento e Desencarceramento, Tripulante de Ambulância de Socorro / Formação Pedagógica Inicial de Formadores
Voltar ao topo
white_eagle



Sexo: Sexo:Masculino
Registrado em: 26 Nov 2006
Mensagens: 72
Local/Origem: Alcoitão-Cascais
Posto: Bombeiro de 3ª
Corpo de Bombeiro: Bomb. São Pedro de Sintra

MensagemColocada: Ter Abr 22, 2008 2:30 pm    Assunto:
    Responder com Citação

Citação:
Canudo e mangueira já há que chegue nos bombeiros!!
Esta foi das piores coisas que aconteceram nos bombeiros e o tempo se encarregará de mostrar...


Meu caro, mangueira é o que não falta nos Bombeiros Portugueses, agora canudo e formação é coisa que nem por sombras existe!!!
Ainda gostava de saber que formação existe em Avaliação de Estruturas, elaboração de
Planos de Emergência, Legislação, Investigação, Desenvolvimento etc e tal nos Bombeiros em Portugal???
Algum de vós nos vossos Cb´s usa um programa SIG no/para Apoio á Decisão??
A Formação é aquela que é necessário ao CB, ou aquela que tem uma bolacha gira e que está na moda??
A gestão de frotas é feita de um modo profissional ou é feita por um graduado, na melhor das hipóteses, quando na grande maioria é a centralista que a faz!!!
As escalas são feitas por quem e com que base legal, ou são elaboradas como dá mais jeito, sabem existe uma coisa que se chama Investigação Operacional que estuda e investiga este assunto, só que só se aprende no Ensino Superior!!!
A Logística também existe como disciplina, mas também só no Ensino Superior
O Comportamento Organizacional e Liderança também se aprendem, mas por mal dos pecados só no Ensino Superior.
A Topografia e Cartografia também se aprendem, mas não no Secundário, mas sim no Superior.
Como estas disciplinas atrás referidas existem muitas mais, a Física, a Química, a Hidráulica, a Termodinâmica, a Meteorologia, o Direito, etc. que neste momento fazem muita falta aos Corpos de Bombeiros e aos Bombeiros em Portugal.

Por todo isto e mais alguma coisa digo e afirmo que a Carreira de Oficial Bombeiro desde que bem aproveitada e utilizada poderá ser a melhor coisa que os Bombeiros Portugueses nos últimos anos/décadas irão receber, agora será necessário é que certos "iletrados" que por ai andam percebam isso e deixem os CB´s evoluir.

Cursos: Técnicas de Socorrismo, Salvamento e Desencarceramento, Acidentes com Matérias Perigosas, Ambiente Saúde Higiene e Segurança, Combate a Incêndios para equipas de 1ª Intervenção, Fenomenologia da combustão e agentes extintores , Formação Pedagógica Inicial de Formadores, Formador de Tecnologias de Base, Gestão de Conflitos, Gestão de Stress, Gestão Operacional, Global Positioning System (GPS), Hidráulica, equipamentos e veículos , Manobras de Apoio á Extinção de Incêndios Urbanos e Industriais, Manobras de busca e salvamento , Novas Tecnologias de Informação e Comunicação, Organização dos edifícios, instalações e redes técnicas , Organização e Liderança, Organização e sistemas de comando e controlo , Práticas de Combate a Incêndios, Segurança e higiene do trabalho , Sistemas de Informação Geográfica, Técnicas de escoramento e desobstrução , Técnico Analista de Segurança Contra Incêndios / Topografia Aplicada
Voltar ao topo
firejust



Sexo: Sexo:Masculino
Registrado em: 18 Abr 2008
Mensagens: 83

Posto: Bombeiro de 1ª
Corpo de Bombeiro: Nenhum

MensagemColocada: Ter Abr 22, 2008 2:58 pm    Assunto:
    Responder com Citação

Já vi que no curso de protecção civil se ensinam umas coisas interessantes!
Se quer saber, se a carreira de oficial bombeiro tivesse como base os licenciados em protecção civil não me chocaria!! No entanto não é isso que acontece!!
Ainda assim digo-lhe com frontalidade que nem a minha licenciatura que não tem nada a ver com bombeiros nem a licenciatura em protecção civil são suficientes para uma gestão de um CB nos moldes que temos!!
Continuo a defender que esta legislação é um erro!!
Continuo a dizer que um canudo nas universidades portuguesas não é sinonimo de competência muitas vezes sequer em actividades que têm directamente a ver com a area de estudo quanto mais fora dela!! E é muito menos sinonimo de literacia!!!!
E por isto digo que se esta a fazer o inverso, a trazer-se hipotéticos formados enquanto se deveria trazer formação!

Por isso reafirmo, que canudo nos bombeiros já há que chegue!!
Não nos tragam canudos, tragam-nos formação!!

cump

Cursos: Tripulante de Ambulância de Transporte, Salvamento e Desencarceramento, Tripulante de Ambulância de Socorro / Formação Pedagógica Inicial de Formadores
Voltar ao topo
firejust



Sexo: Sexo:Masculino
Registrado em: 18 Abr 2008
Mensagens: 83

Posto: Bombeiro de 1ª
Corpo de Bombeiro: Nenhum

MensagemColocada: Ter Abr 22, 2008 3:50 pm    Assunto:
    Responder com Citação

Quero tambem dizer que há coisas que não se ensinam, nem no ensino superior, mas aprendem-se através da experiência! E com este diploma legal esta a deitar-se no lixo o saber de experiência feita!
Eu não discordo em nenhum momento da carreira de oficial bombeiro, nem tampouco da presença de licenciados nos CB!
No entanto cri-se um curso de oficial antes de se criar a carreira, quem sabe na ENB, que sabe com outra parceria, pegue-se nos bombeiros que já têm formação e experiência e ministre-se um curso de nível superior!! Se em qualquer universidade alguém com um simples exame pode vir a frequentar um curso não interessando quais as habilitações bastanto ter 23 anos, porque é que não poderemos fazer aqui o mesmo???
Em relação aos licenciados em diversas áreas, não sendo essênciais, podem ser úteis no apoio á gestão ou até á decisão, mas nunca como comandantes operacionais!!!
As forças de segurança e as forças armadas tambem têm oficiais médicos, psicólogos, juristas entre outros, agora daí até os porem a comandar uma operação militar vai uma grande distancia ....

Pensem bem nas coisas a antes de andarem a inventar!!

cump

Cursos: Tripulante de Ambulância de Transporte, Salvamento e Desencarceramento, Tripulante de Ambulância de Socorro / Formação Pedagógica Inicial de Formadores
Voltar ao topo
white_eagle



Sexo: Sexo:Masculino
Registrado em: 26 Nov 2006
Mensagens: 72
Local/Origem: Alcoitão-Cascais
Posto: Bombeiro de 3ª
Corpo de Bombeiro: Bomb. São Pedro de Sintra

MensagemColocada: Ter Abr 22, 2008 3:50 pm    Assunto:
    Responder com Citação

Citação:
E por isto digo que se esta a fazer o inverso, a trazer-se hipotéticos formados enquanto se deveria trazer formação!


Meu caro,

Em primeiro lugar ninguém aqui disse que o "diplomado" era sinónimo de competente, cabe ao Cmd. fazer essa triagem, ninguém melhor que ele sabe o que quer e para tal há que escolher os melhores, uma coisa é ser competente outra é ser Oficial Bombeiro porque é giro e dá status!!! Não sei se leu mas eu disse que o Oficial Bombeiro será uma mais valia desde que bem aplicado e utilizado!!!!

Quanto a formação, então aqui vamos, explique-me como é que eu posso "ensinar", "formar" alguém, por exemplo em Investigação de Causas de Incêndio se esse alguém não tiver conhecimentos mínimos de Química e Física. Como é que posso "formar" alguém em Topografia se para esse alguém converter Graus em Minutos e visse versa e um problema complicado e o teorema de Pitágoras e trigonometria estão para esse alguém como a Física e Química Quântica estão para mim. Como é que se pode fazer com que a verba de gastos de um determinado CB é bem gerenciáda e rentabilizada se as compras são efectuadas a meia dúzia de "amigos" sem discutir preço. Como se pode elaborar um plano de Formação anual se não se conhece como o fazer e o que fazer, não se sabe quais as necessidades do CB, e meios que rentabilizem a Formação a ser administrada. Como se pode "gerir" um TO se o SIOPS para esse COS é uma coisa que veio para tirar o "poder" ao Cmd. e aos Bombeiros, a Lei de Bases da Protecção Civil é para os "gajos" de Lisboa lerem, a lei dos SMPC são para cumprir até onde der jeito a cada um, o decreto de lei 241 e 247 de 2007 são só para cumprir se não trouxerem encargos e chatices para os Senhores de sempre, o Despacho da Avaliação e das Carreiras são na opinião de muitos, que não se deram ao trabalho de ler os mesmos, mas ouviram dizer..."machadadas" para os Bombeiros, quando na realidade se forem bem aplicados e com seriedade são do melhor que até hoje se fez em prol dos Bombeiros!!!

Citação:
Já vi que no curso de protecção civil se ensinam umas coisas interessantes!


Quanto a isto pode-se dizer que sim e que não, no entanto um Curso Superior em Protecção Civil não é significado de um curso para Oficial Bombeiro!!!
Poderá facilitar dizem alguns, claro que sim respondo eu, mas também ajuda uma Especialização em Gestão da Emergência, também ajuda cursos em SIG, em meteorologia e Comportamento, em Electricidade etc. e de tudo isto é composto o meu Curriculum, e para que saiba sou Bombeiro de 3ª Classe.....

Cursos: Técnicas de Socorrismo, Salvamento e Desencarceramento, Acidentes com Matérias Perigosas, Ambiente Saúde Higiene e Segurança, Combate a Incêndios para equipas de 1ª Intervenção, Fenomenologia da combustão e agentes extintores , Formação Pedagógica Inicial de Formadores, Formador de Tecnologias de Base, Gestão de Conflitos, Gestão de Stress, Gestão Operacional, Global Positioning System (GPS), Hidráulica, equipamentos e veículos , Manobras de Apoio á Extinção de Incêndios Urbanos e Industriais, Manobras de busca e salvamento , Novas Tecnologias de Informação e Comunicação, Organização dos edifícios, instalações e redes técnicas , Organização e Liderança, Organização e sistemas de comando e controlo , Práticas de Combate a Incêndios, Segurança e higiene do trabalho , Sistemas de Informação Geográfica, Técnicas de escoramento e desobstrução , Técnico Analista de Segurança Contra Incêndios / Topografia Aplicada
Voltar ao topo
firejust



Sexo: Sexo:Masculino
Registrado em: 18 Abr 2008
Mensagens: 83

Posto: Bombeiro de 1ª
Corpo de Bombeiro: Nenhum

MensagemColocada: Ter Abr 22, 2008 4:11 pm    Assunto:
    Responder com Citação

Meu caro está a dar-me razão em muitos aspectos!!
Primeiro colocar-se como requisito fundamental uma licenciatura é um erro crasso!!! Quando fala em currículo não poderemos pôr a questão que alguém que não possui uma licenciatura possa ter um vasto e amplo currículo que lhe confira competência e conhecimentos e dê autoridade para comandar uma operação???
Em momento algum eu estou contra a formação!!! Nunca é demais!!!
A única coisa que contesto é a canudo-dependência destes tempos!
Eu acredito que muitas pessoas sem licenciatura estejam muito melhor preparadas através de formação formal ou informal e experiência do que pessoas que sejam licenciadas!!
Eu não estou contra os licenciados, senão não me licenciaria!!! E é claro que isso deve ser tido em consideração na apreciação de um curriculo!!
Agora discordo por completo que uma licenciatura seja requisito indispensável ou até único para esta carreira!!!

Cursos: Tripulante de Ambulância de Transporte, Salvamento e Desencarceramento, Tripulante de Ambulância de Socorro / Formação Pedagógica Inicial de Formadores
Voltar ao topo
firejust



Sexo: Sexo:Masculino
Registrado em: 18 Abr 2008
Mensagens: 83

Posto: Bombeiro de 1ª
Corpo de Bombeiro: Nenhum

MensagemColocada: Ter Abr 22, 2008 4:36 pm    Assunto:
    Responder com Citação

Desmontemos então algumas coisas

Em primeiro lugar ninguém aqui disse que o "diplomado" era sinónimo de competente, cabe ao Cmd. fazer essa triagem, ninguém melhor que ele sabe o que quer e para tal há que escolher os melhores, uma coisa é ser competente outra é ser Oficial Bombeiro porque é giro e dá status!!! Não sei se leu mas eu disse que o Oficial Bombeiro será uma mais valia desde que bem aplicado e utilizado!!!!

Não se diz que ser licenciado é ser competente, mas diz-se que não ser licenciado é ser-se incompetente!!! Desculpe mas é ridículo!!!

Quanto a formação, então aqui vamos, explique-me como é que eu posso "ensinar", "formar" alguém, por exemplo em Investigação de Causas de Incêndio se esse alguém não tiver conhecimentos mínimos de Química e Física.

Que eu saiba estas matérias só são aprofundadas em cursos específicos, vão ter que ter químicos, físicos nos CB??? Qualquer pessoa com o 12ºano na área de ciências têm os conhecimentos mínimos!


Como é que posso "formar" alguém em Topografia se para esse alguém converter Graus em Minutos e visse versa e um problema complicado e o teorema de Pitágoras e trigonometria estão para esse alguém como a Física e Química Quântica estão para mim.

Aplica-se aqui o mesmo que no tópico anterior! Vamos ter topógrafos e matemáticos nos CB!

Como é que se pode fazer com que a verba de gastos de um determinado CB é bem gerenciáda e rentabilizada se as compras são efectuadas a meia dúzia de "amigos" sem discutir preço.

Que eu saiba quem vai continuar a administrar as verbas serão as direcções das associações e não os comandantes muito menos os oficiais! Mas tambem vamos precisar de gestores!

Como se pode elaborar um plano de Formação anual se não se conhece como o fazer e o que fazer, não se sabe quais as necessidades do CB, e meios que rentabilizem a Formação a ser administrada.

Vamos ter que ter pedagogos?

Como se pode "gerir" um TO se o SIOPS para esse COS é uma coisa que veio para tirar o "poder" ao Cmd. e aos Bombeiros, a Lei de Bases da Protecção Civil é para os "gajos" de Lisboa lerem, a lei dos SMPC são para cumprir até onde der jeito a cada um, o decreto de lei 241 e 247 de 2007 são só para cumprir se não trouxerem encargos e chatices para os Senhores de sempre, o Despacho da Avaliação e das Carreiras são na opinião de muitos, que não se deram ao trabalho de ler os mesmos, mas ouviram dizer..."machadadas" para os Bombeiros, quando na realidade se forem bem aplicados e com seriedade são do melhor que até hoje se fez em prol dos Bombeiros!!!


Em que licenciatura é que se fala em SIPOS e COS? Só se for na de protecção civil! Mas parece que vamos ter tambem juristas ou licenciados em direito!

Poderá facilitar dizem alguns, claro que sim respondo eu, mas também ajuda uma Especialização em Gestão da Emergência, também ajuda cursos em SIG, em meteorologia e Comportamento, em Electricidade etc. e de tudo isto é composto o meu Curriculum, e para que saiba sou Bombeiro de 3ª Classe.....[/quote]


Ainda bem que não precisamos de licenciados em meteorologia, engenheiros electrotécnicos entre outros! Senão onde iriamos por tanta gente.......

Eu respeito quem tem opinião diferente da minha mas isto não faz sentido!!
Está aqui mais que provado nenhuma licenciatura é suficiente para dominar todas as temáticas inerentes á actividade de bombeiros e que alguém licenciado numa área pode ser um ignorante nas outras todas, já alguém que não é licenciado, não poderá ter vastos conhecimentos em todas?? Quanto muito poderíamos pôr o 12ºano como base mínima mas outras competências não deviriam ser descuradas!!

O que está aqui em questão é que toda a formação, experiência e competência humana seja deitada no lixo quando muita gente se calhar já passou mais tempo a formar-se e a estudar do que muitos licenciados em toda a sua vida.

Sim á carreira de oficial, sim á formação!
Não aos atestados de idiotice a quem simplesmente não passou pelos bancos de uma qualquer faculdade mesmo que seja aos domingos!!

cump

Cursos: Tripulante de Ambulância de Transporte, Salvamento e Desencarceramento, Tripulante de Ambulância de Socorro / Formação Pedagógica Inicial de Formadores
Voltar ao topo
gameiro



Sexo: Sexo:Masculino
Registrado em: 22 Abr 2008
Mensagens: 12

Posto: 2 Comandante
Corpo de Bombeiro: Cruz de Malta

MensagemColocada: Ter Abr 22, 2008 7:49 pm    Assunto:
    Responder com Citação

Valendo a minha opiniao o que vale, penso que se os Senhores Comandantes tiverem bom senso, será sempre uma mais valia para os corpos de bombeiros estarem dotados de pessoal especializado/ tecnico, o que por bem entenderem chamar, preocupa-me mais que o mesmo decreto lei, segundo a minha intrepretaçao, (nao sendo jurista), permetira aos antigos equiparados, doravante designados por bombeiros (ainda que o sejao como supranumerarios, mas no quadro activo) da categoria que na alturo do referido, decreto ocupavam possao concorrer em igualdade de circunstancias com um outro qualquer bombeiro, e sendo o seu aproveitamento positivo transitar para o posto a que concorre deixando de ser supranumerario, esta penso ser uma situaçao mais gravosa, nao querendo de maneira alguma ferir susceptibilidades, como e obvio. A mim pessoalmente da-me que pensar.
Voltar ao topo
firejust



Sexo: Sexo:Masculino
Registrado em: 18 Abr 2008
Mensagens: 83

Posto: Bombeiro de 1ª
Corpo de Bombeiro: Nenhum

MensagemColocada: Qua Abr 23, 2008 12:24 am    Assunto:
    Responder com Citação

Só quero deixar aqui mais uns esclarecimentos para consolidar a minha posição.

Eu não sou contra os licenciados nos CB! Acho que até podem ser úteis, licenciados, mestres, bacharéis, técnicos dentro das suas áreas até poderão ser úteis!!

Agora o primeiro erro que está a ser cometido, é que se está a confundir carreira com gabinete de apoio! Se eu fosse comandante não me importava nada de ter um grupo de pessoas especializadas em várias áreas que pudesse consultar quando necessário ou eventualmente atribuir funções que dentro da sua formação e competências pessoais pudessem desenvolver. Outra coisa é atribuir poderes de gestão, comando e comando operacionail a individos que não têm essa formação mas são licenciados enquanto tenho não licenciados com mais formação e competência!
Uma carreira, por definição é um percurso que deve assentar na formação especifica e na experiência! Assim o que deve ser feito é estruturar um percurso formativo para esta área e não começar pelo topo!!

Outro erro é introduzir uma tão grande carga de subjectividade nesta carreira! Aqui já foi dito, que se o comandante assim achar....se tiver bom senso....um comandante sabe bem o que quer.... Eu pergunto, e se não achar? e se não tiver bom senso? e se não souber o que quer??
Isto é um grande perigo! Suponhamos então por hipótese:

Eu sou comandante de um CB;
Tenho lá uns amigos de copos que até são licenciados;
Ou então até acho na minha ignorância que são competentes;
'Ponho-os' como oficiais, la fazem a formação (que a avaliar pela formação dada aos elementos de comando, vale pouco mais que nada);
E continuam a ser oficiais e até sobem na carreira.

Vem então outro comandante e depara-se com os postos da carreira de oficial preenchidos com inúteis e incompetentes que de bombeiros continuam a perceber nada apesar de até serem bons naquilo em que são licenciados, ou não.
Mas o que pode o comandante fazer?? Aquilo é uma carreira....

Por isto não se pode confundir carreira com gabinete de apoio!
A base de uma carreira deve ser a formação especificamente preparada para o fim a que se destina!
As regras devem ser claras e uma carreira não é compatível com presunções e sensações!
Deve ser dada importância ás competências pessoais e á experiência!

E só para ilustrar o que disse em comentários anteriores passo a descrever uma situação real:

Já fiz uma pós-graduação com várias pessoas licenciadas e não licenciadas, nessa pós-graduação onde o nível de exigência foi igual para todos, muitos não licenciados tiveram aproveitamento superior a muitos licenciados!
Acontece que para muitos licenciados aquilo entrou num ouvido e saiu por outro, só que no final são pós graduados!
Para outros não licenciados, que até aprenderam algumas coisas e são capazes de as aplicar, têm simplesmente um curso de especialização!
Parece-me que de facto ter um canudo diz muito pouco!!

Acho que estamos a perder a oportunidade de fazer uma coisa interessante com base na formação para ter ainda não se sabe bem o quê....

cump

Cursos: Tripulante de Ambulância de Transporte, Salvamento e Desencarceramento, Tripulante de Ambulância de Socorro / Formação Pedagógica Inicial de Formadores
Voltar ao topo
Mostrar os tópicos anteriores:   
Novo Tópico   Responder a Mensagem    Índice do Fórum www . Bombeiros - Portugal . net Criticas e Sugestões... Todos os tempos são GMT
Ir à página 1, 2  Seguinte
Página 1 de 2

 
Ir para:  
Neste fórum, você Não pode colocar mensagens novas
Não pode responder a mensagens
Não pode editar as suas mensagens
Não pode remover as suas mensagens
Você Não pode votar neste fórum
Você pode anexar ficheiros neste fórum
Você pode baixar ficheiros neste fórum



Powered by phpBB © 2001, 2005 phpBB Group
Layout por ViPeR5000
Googlepage: GooglePullerPage
eXTReMe Tracker


CSS Valid PHP Valid CSS Valid
server monitor

[ Time: 2.6802s ][ Queries: 84 (2.1922s) ][ Debug on ]