Ainda Não te Registaste? Clica aqui para o fazeres é Gratuito

Índice do Fórum www . Bombeiros - Portugal . net
www . Bombeiros - Portugal . net
O Ponto de Encontro de Todos Os Bombeiros
 
   Página InicialPortal AlbumAlbum  PortalForum FAQFAQ   PesquisarPesquisar   MembrosMembros   GruposGrupos   CalendarioCalendario  Lista de utilizadores BanidosLista de utilizadores Banidos   RegistarRegistar 
 Recomendar site a um amigoRecomendar  PerfilPerfil    Ligar e ver Mensagens PrivadasLigar e ver Mensagens Privadas    EntrarEntrar  Ocorrências ActivasOcorrências Activas  Ocorrências ActivasRisco de Incêndio   LinksLinks   Links>Chat 
 Envie NoticiasEnviar Noticias  VideosVideos  EventosAdicionar Eventos  EventosEnviar Fotografias


HDF é “referência a nível europeu”


 
Novo Tópico   Responder a Mensagem    Índice do Fórum www . Bombeiros - Portugal . net -> Noticias


Ver mensagem anterior :: Ver mensagem seguinte  
Autor Mensagem
ViPeR5000(Rui Melo)
Site Admin


Sexo: Sexo:Masculino
Registrado em: 11 Jun 2006
Mensagens: 2318
Local/Origem: Mealhada

MensagemColocada: Seg Out 02, 2006 2:34 pm    Assunto:
HDF é “referência a nível europeu”
    Responder com Citação

O coração dos portugueses anda mal de saúde. Os hábitos de vida sedentários ajudam a entupir as artérias, mas a prevenção e a intervenção precoce no tratamento das doenças cardiovasculares já salvam muitas vidas.


Assinalou-se no passado domingo o Dia Mundial do Coração. Em parceria com a Fundação Portuguesa de Cardiologia, diversos municípios promoveram uma série de actividades físicas para alertar as populações sobre a importância do exercício na prevenção das doenças cardiovasculares. Já diz o povo que «mais vale prevenir que remediar», no entanto a prevenção nem sempre é suficiente ou a doença evitável. Aos hospitais continuam a chegar doentes com problemas cardíacos ou cerebro-vasculares, e é na intervenção rápida que pode estar a diferença entre a incapacidade e a recuperação completa, ou mesmo entre a vida e a morte. O Hospital Distrital de Faro (HDF) recebe anualmente cerca de 1 400 pacientes no Serviço de Cardiologia, dos quais 900 passam pelos cuidados intensivos coronários. A este número acrescem cerca de 700 Acidentes Vasculares Cerebrais (AVC) verificados no HDF e 300 a 350 no Hospital do Barlavento Algarvio (HBA). Os números são avançados por Veloso Gomes, director do Serviço de Cardiologia da unidade hospitalar de Faro. De acordo com o médico, a hipertensão e o colesterol estão melhor controlados, ao contrário da obesidade que tem vindo a agravarse. Também nas doenças cerebro-vasculares “somos, neste momento, um mau exemplo para a Europa”.

Serviços mais especializados

Nos últimos anos, a prevenção e tratamento das doenças cardiovasculares na região sofreu melhorias devido, sobretudo, à criação de um laboratório de hemodinâmica e de uma unidade de AVC no HDF. A criação de serviços especializados tem possibilitado uma resposta mais rápida no tratamento das patologias. A unidade de hemodinâmica, por exemplo, permite uma abertura mais precoce das artérias com “bons resultados”. A título de exemplo, Veloso Gomes salienta que, no Serviço de Cardiologia, o sucesso no tratamento do enfarte do miocárdio se encontra muito próximo da meta dos 90 por cento nos doentes que são alvo de intervenção precoce. “A preocupação com estas questões tem sido crescente e os benefícios também”, refere o cardiologista, “mas estamos longe de atingir os objectivos globais”, acrescenta. Apesar de tudo têm sido feitos progressos: “estamos num centro de nível europeu, atingimos todas as qualificações para sermos considerados um centro de cardiologia de intervenção de referência na Europa”, salienta o médico.

Artérias com Via Verde

“Nas doenças cardiovasculares é muito importante o tempo de chegada ao hospital. Quando surgem os sintomas as pessoas não devem atrasar o recurso ao Serviço de Urgência, ao transporte à unidade de saúde mais próxima ou ao serviço do INEM”. Veloso Gomes faz o alerta e salienta que está a criar-se “a via verde do enfarte e a via verde do AVC de forma a que os doentes sejam previamente triados e conduzidos rapidamente às unidades específicas de tratamento”. A questão da morte súbita é um problema que ainda não está resolvido, mas a implementação de uma rede de cuidados pré-hospitalares pode ajudar a minimizar os casos de morte por paragem cardíaca súbita. Na região já existem alguns desfibriladores automáticos externos em que médicos, paramédicos e até leigos em matéria de saúde podem ajudar a reanimar um doente, desde que saibam operar a máquina. Algumas empresas privadas, o Estádio do Algarve ou os bombeiros de Albufeira são algumas das entidades que já possuem aparelhos de reanimação.

Reabilitação

As consequências da doença cardiovascular dependem fundamentalmente da extensão das lesões provocadas, da sua localização e da rapidez da intervenção. A reabilitação é uma preocupação a nível de toda a Europa e no HDF está a procurar organizar-se uma equipa especializada. Na unidade de AVC o acompanhamento já é feito e o doente sai do hospital com um programa de reabilitação estabelecido. Na cardiologia já está constituída uma equipa multidisciplinar para fazer o acompanhamento do doente no internamento e na consulta externa. O problema coloca-se fora do hospital onde não existe muita oferta para continuar a reabilitação. “Espera-se que os fundos comunitários prestem atenção à questão da reabilitação em geral, para que os doentes, e em particular os cardíacos, continuem o seu processo de reabilitação depois de deixarem o meio hospitalar”, conclui Veloso Gomes.

Unidade de AVC atende em média 50 doentes por mês

Inaugurada no passado mês de Julho pelo ministro Correia de Campos, a unidade de AVC do HDF foi criada, de acordo com o médico coordenador Luís Pereira, com o objectivo de “tratar todos os AVC que acorram ao HDF”. Numa primeira fase ficaram de fora os casos hemorrágicos, que decorrem do rebentamento das artérias. Estes acidentes vasculares são mais complicados de tratar, mas representam apenas dez a 15 por cento dos casos ocorridos. Em três meses de funcionamento a unidade trata, em média, 50 AVC isquémicos, resultantes de obstrução das artérias. A unidade veio permitir o tratamento imediato. No mesmo dia em que dá entrada, um doente com AVC é encaminhado e no dia seguinte começa a terapêutica. A unidade conta com cinco camas e enfermeiros que acompanham os doentes em permanência. Os sintomas de um AVC passam por formigueiros na face, braços ou mãos presas, dificuldade no andar, dificuldade em proferir as palavras ou entender o que se lhe diz. Em 2007 está prevista a criação de uma unidade semelhante no HBA. Para Veloso Gomes, “os ganhos são signifi- cativos na redução da mortalidade e na maior recuperação dos doentes na medida em que se instituiu uma intervenção mais precoce”. Para Luís Pereira, “é nestas unidades especializadas que está o futuro das instituições hospitalares” e o HDF está “no bom caminho”, conclui.




in O Algarve

_________________
O que não me Mata torna-me mais forte.


I'm the ViPeR5000, always faster than you..
Voltar ao topo
Google
AdSense






Posto:
Corpo de Bombeiro: Bombeiro-Portugal

MensagemColocada: Seg Out 02, 2006 2:34 pm    Assunto:
Click Aqui para Ajudar O site
   





Cursos: Técnicas de Socorrismo, Salvamento e Desencarceramento, Combate a Incêndios para equipas de 1ª Intervenção, Fenomenologia da combustão e agentes extintores , Manobras de Apoio á Extinção de Incêndios Urbanos e Industriais / Tripulante de Ambulância de Socorro
Voltar ao topo
Mostrar os tópicos anteriores:   
Novo Tópico   Responder a Mensagem    Índice do Fórum www . Bombeiros - Portugal . net Noticias Todos os tempos são GMT
Página 1 de 1

 
Ir para:  
Neste fórum, você Não pode colocar mensagens novas
Não pode responder a mensagens
Não pode editar as suas mensagens
Não pode remover as suas mensagens
Você Não pode votar neste fórum
Você pode anexar ficheiros neste fórum
Você não pode baixar ficheiros neste fórum



Powered by phpBB © 2001, 2005 phpBB Group
Layout por ViPeR5000
Googlepage: GooglePullerPage
eXTReMe Tracker


CSS Valid PHP Valid CSS Valid
server monitor

[ Time: 0.2921s ][ Queries: 29 (0.1431s) ][ Debug on ]