Ainda Não te Registaste? Clica aqui para o fazeres é Gratuito

Índice do Fórum www . Bombeiros - Portugal . net
www . Bombeiros - Portugal . net
O Ponto de Encontro de Todos Os Bombeiros
 
   Página InicialPortal AlbumAlbum  PortalForum FAQFAQ   PesquisarPesquisar   MembrosMembros   GruposGrupos   CalendarioCalendario  Lista de utilizadores BanidosLista de utilizadores Banidos   RegistarRegistar 
 Recomendar site a um amigoRecomendar  PerfilPerfil    Ligar e ver Mensagens PrivadasLigar e ver Mensagens Privadas    EntrarEntrar  Ocorrências ActivasOcorrências Activas  Ocorrências ActivasRisco de Incêndio   LinksLinks   Links>Chat 
 Envie NoticiasEnviar Noticias  VideosVideos  EventosAdicionar Eventos  EventosEnviar Fotografias


Lisboa: Plano Geral de Drenagem vai entrar em vigor em 2007


 
Novo Tópico   Responder a Mensagem    Índice do Fórum www . Bombeiros - Portugal . net -> Noticias


Ver mensagem anterior :: Ver mensagem seguinte  
Autor Mensagem
ViPeR5000(Rui Melo)
Site Admin


Sexo: Sexo:Masculino
Registrado em: 11 Jun 2006
Mensagens: 2318
Local/Origem: Mealhada

MensagemColocada: Sex Out 13, 2006 8:10 pm    Assunto:
Lisboa: Plano Geral de Drenagem vai entrar em vigor em 2007
    Responder com Citação

O Plano Geral de Drenagem de Lisboa, que vai entrar em vigor em 2007, permitirá conhecer melhor a rede de esgotos da cidade e prevenir problemas como inundações e poluição, anunciou hoje o presidente da câmara, Carmona Rodrigues.

"Estamos a passar de uma fase medieval - em que pouco se conhecia - para o século XXI", comentou o autarca, durante a apresentação dos resultados obtidos nas duas primeiras fases do plano, nomeadamente a caracterização e o diagnóstico do desempenho do Sistema de Drenagem de Lisboa.

Carmona Rodrigues adiantou que as intervenções que têm sido feitas se limitavam a tapar buracos, "a remendar" situações: "A Câmara de Lisboa há dezenas de anos que anda às cegas".

A Câmara de Lisboa e a Emarlis - Empresa Municipal de Águas Residuais de Lisboa apresentaram hoje os resultados obtidos nas primeiras fases do plano, onde foram diagnosticados os principais problemas existentes.

Ricardo Oliveira, um dos responsáveis pelo plano, adiantou que a rede de drenagem tem 1440 quilómetros, mas devido à sua dimensão foram seleccionados para o plano os colectores principais, que drenam as principais bacias, numa extensão de 173 km, que corresponde a 12 por cento da rede.

"Estamos a ignorar os problemas de colectores de menores dimensões", afirmou, à margem da apresentação do plano, avançando que sucessivamente irão ser criados planos de pormenor em algumas zonas da cidade.

O especialista adiantou que os principais problemas detectados no plano foram ambientais e de risco de inundações.

Segundo o plano, entre 25 e 50 mil pessoas que vivem na frente Santa Apolónia, Beato e Avenida de Berlim não são servidas pelo sistema de drenagem de águas residuais e, nos períodos de tempo seco, descarregam directamente para o rio Tejo.

As zonas onde foram detectados riscos de inundação foram a Baixa, as zonas ribeirinhas de Pedrouços/Belém e de Santa Apolónia (Rua da Bica do Sapato) e o Beato (Avenida Infante D. Henrique).

Rui Oliveira adiantou que não foi possível "caracterizar muito bem a antiguidade dos colectores que estão a funcionar, mas que podem entrar em ruptura em pouco tempo".

Presente na apresentação das duas primeiras fases do plano - ainda falta realizar quatro - o presidente da Câmara de Lisboa salientou a importância do trabalho já realizado, que corresponde ao "conhecimento real do que se passa no sistema de drenagem" e permitirá concretizar soluções para as deficiências no sistema.

Lembrando que o último plano de saneamento para a cidade datava de 1941, Carmona Rodrigues afirmou que este estudo já devia ter sido realizado há mais tempo: "é preciso conhecer bem, para planear melhor".

Para Carmona Rodrigues, o plano, que tem um custo de 230 mil euros, "é um instrumento fundamental para uma gestão lógica e sustentada da cidade, que permite racionalizar investimentos".

O presidente da Emarlis, Manuel Lacerda, adiantou, por seu turno, que "o sistema de drenagem tem alguns problemas, mas funciona".

No entanto, com este instrumento de trabalho será possível "lidar melhor com os problemas que existem", afirmou Manuel Lacerda dando como exemplo as inundações que causam muitos prejuízos ao município.

Segundo a Emarlis, a ausência do plano tem vindo a "constituir um constrangimento à gestão do sistema de drenagem, especialmente por se tratar de um sistema complexo, constituído por uma rede bastante antiga e extensa, onde se tem constatado persistentemente diversos tipos de problemas, nomeadamente ao nível de inundações frequentes e danos ambientais".

O especialista Ricardo Oliveira adiantou que o sistema de drenagem de Lisboa engloba quase 50 por cento do concelho da Amadora e algumas zonas de Oeiras e de Loures.

Em 2001, a população servida pelo sistema era de cerca de 740 mil habitantes e estima-se que em 2025 seja de cerca de 770 mil habitantes.

A bacia da frente ocidental (Belém-Alcântara-Santa Apolónia), que corresponde a mais de metade da cidade de Lisboa, tem 40 por centos dos colectores com "muitas dezenas de anos" e cerca de 35 por cento tem cerca de 40 a 50 anos.

O Plano Geral de Drenagem foi iniciado em Dezembro de 2004 e foi adjudicado em Fevereiro deste ano a um consórcio formado por três empresas.

Fonte Publico

_________________
O que não me Mata torna-me mais forte.


I'm the ViPeR5000, always faster than you..
Voltar ao topo
Google
AdSense






Posto:
Corpo de Bombeiro: Bombeiro-Portugal

MensagemColocada: Sex Out 13, 2006 8:10 pm    Assunto:
Click Aqui para Ajudar O site
   





Cursos: Técnicas de Socorrismo, Salvamento e Desencarceramento, Combate a Incêndios para equipas de 1ª Intervenção, Fenomenologia da combustão e agentes extintores , Manobras de Apoio á Extinção de Incêndios Urbanos e Industriais / Tripulante de Ambulância de Socorro
Voltar ao topo
Mostrar os tópicos anteriores:   
Novo Tópico   Responder a Mensagem    Índice do Fórum www . Bombeiros - Portugal . net Noticias Todos os tempos são GMT
Página 1 de 1

 
Ir para:  
Neste fórum, você Não pode colocar mensagens novas
Não pode responder a mensagens
Não pode editar as suas mensagens
Não pode remover as suas mensagens
Você Não pode votar neste fórum
Você pode anexar ficheiros neste fórum
Você não pode baixar ficheiros neste fórum



Powered by phpBB © 2001, 2005 phpBB Group
Layout por ViPeR5000
Googlepage: GooglePullerPage
eXTReMe Tracker


CSS Valid PHP Valid CSS Valid
server monitor

[ Time: 0.3932s ][ Queries: 29 (0.2133s) ][ Debug on ]