Ainda Não te Registaste? Clica aqui para o fazeres é Gratuito

Índice do Fórum www . Bombeiros - Portugal . net
www . Bombeiros - Portugal . net
O Ponto de Encontro de Todos Os Bombeiros
 
   Página InicialPortal AlbumAlbum  PortalForum FAQFAQ   PesquisarPesquisar   MembrosMembros   GruposGrupos   CalendarioCalendario  Lista de utilizadores BanidosLista de utilizadores Banidos   RegistarRegistar 
 Recomendar site a um amigoRecomendar  PerfilPerfil    Ligar e ver Mensagens PrivadasLigar e ver Mensagens Privadas    EntrarEntrar  Ocorrências ActivasOcorrências Activas  Ocorrências ActivasRisco de Incêndio   LinksLinks   Links>Chat 
 Envie NoticiasEnviar Noticias  VideosVideos  EventosAdicionar Eventos  EventosEnviar Fotografias


Incêndios florestais: Protecção Civil recomenda prevenção


 
Novo Tópico   Responder a Mensagem    Índice do Fórum www . Bombeiros - Portugal . net -> Noticias


Ver mensagem anterior :: Ver mensagem seguinte  
Autor Mensagem
Bravo33



Sexo: Sexo:Masculino
Registrado em: 19 Jun 2006
Mensagens: 1260
Local/Origem: Mealhada

MensagemColocada: Qua Jul 19, 2006 6:09 pm    Assunto:
Incêndios florestais: Protecção Civil recomenda prevenção
    Responder com Citação

Incêndios florestais: Protecção Civil recomenda prevenção
O incêndio florestal ocorrido no Planalto Leste, Santo Antão, há pouco mais de duas semanas, veio confirmar a necessidade de se agir na prevenção, diz o major Alberto Fernandes, presidente do Serviço Nacional de Protecção Civil (SNPC), que visita aquela ilha na próxima semana.




Fernandes, que visitará o local - onde 16 hectares foram queimados - acompanhado da secretária de Estado da Agricultura e Ambiente, Rosa Rocha, é peremptório: “Não se pode reagir aos fogos, tem-se de agir na prevenção”.

Por sua vez, Orlando Freitas, delegado do MAA em Santo Antão, garante que o serviço que dirige está a trabalhar na sensibilização, sobretudo das pessoas que vivem perto da floresta. O ministério gasta mais de 2 mil contos só em salários dos guardas para preservar as florestas da ilha. Contudo, para além dos danos do fogo, segundo este responsável, há o dano dos próprios guardas, que tiram lenha da floresta. “É mais uma fonte de receita que essas pessoas têm”, explica.

O delegado do MAA lembra que o Planalto Leste é o pulmão da ilha de Santo Antão. Aliás, afirma, se existe alguma água na ilha, ela resulta da reserva florestal que consegue captar essa água. Exactamente por causa disso, prossegue Orlando Freitas, é que foi criado o Serviço de Protecção Civil, coordenado localmente pelas Câmaras Municipais, e um Corpo de Bombeiros que, não obstante os meios reduzidos, têm respondido.

“Desta vez, pedimos reforços em São Vicente, tanto em homens como em equipamentos. Mas o MAA e as Câmaras Municipais estão a trabalhar num Plano de Intervenção. Inclusive, realizaremos um encontro agora em Julho para fazer o seu enquadramento, tendo em conta que intervenções esporádicas não resolvem o problema dos incêndios florestais”, diz Freitas.

Um primeiro passo neste sentido foi dado em 2005, com a realização de um encontro exploratório e o início da construção de alguns reservatórios nas localidades de Espongeiro e Pico da Cruz para que, indica Orlando Freitas, se possa ter uma reserva de água disponível. Paralelamente, o MAA está a implantar um sistema de abastecimento de água na zona do Planalto Leste, através do Programa de Investimento da tutela.

Sensibilizar no Fogo

Também na ilha do Fogo, a estratégia, segundo o delegado do MAA, João Gonçalves, é sensibilizar as equipas de gestão, guardas e chefes do perímetro de Monte Velha, e também a população que vive à volta desta floresta a evitarem as queimadas. “É um método antigo, que não é bom para o ambiente e muito menos para a terra. São práticas enraizadas que temos estado a combater, sensibilizando as pessoas”, diz.

Em jeito de exemplo, Gonçalves relembra o incêndio de 2004, que consumiu 375 hectares desta floresta. A sua gravidade levou a que se elaborasse um programa de combate a incêndios, em conjunto com a FAO. Este programa, garante o responsável do MAA na ilha do vulcão, vai ser agora retomado, com a implementação das várias recomendações, de entre as quais se destaca a criação de postos de vigia e a construção de acessibilidades e de reservatórios de água.

“Temos uma equipa de exploração, dentro do perímetro que faz a limpeza e retira as árvores secas para que a floresta possa respirar; e dez guardas que trabalham por turnos. Gastamos em média cerca de 200 contos/mensais com salários”, revela.

Gonçalves ressalva, entretanto, que dentre os perímetros da ilha, Monte Velha é o que exige maiores cuidados por ser mais denso e de difícil acesso. Por outro lado, observa, Monte Velha está com muito lixo e é rodeado por zonas agrícolas onde os agricultores ainda utilizam o fogo para limpar e preparar as suas terras.

Instado a falar de possíveis medidas preventivas, sobretudo porque se está a entrar numa época propícia aos incêndios florestais, o major Alberto Fernandes explica que o país dispõe de um Plano Especial para Fogos Florestais há cerca de cinco anos. Infelizmente, admite, as autoridades continuam a reagir só depois dos incêndios. “Tenho insistido em que não podemos continuar a trabalhar na sequência dos acontecimentos. Temos é de agir na prevenção, através da aquisição dos equipamentos, manutenção das florestas, construção de postos de vigia, reservatórios e depósitos de água”, frisa.

Todas estas medidas estão previstas num projecto para combate aos fogos florestais orçado em 30 mil contos pelo que, no entender do presidente do SNPC, “falta alguma dinâmica das autoridades no sentido de adquirirem os meios necessários à preservação das florestas”. Quanto mais porque, prossegue, boa parte dos equipamentos previstos para a ilha de Santo Antão - por exemplo, quatro viaturas ligeiras com capacidade para duas toneladas de água, um autotanque para oito toneladas, meios de comunicação e ferramentas manuais - , podem ser conseguidos através das cooperações e/ou parcerias.

fonte:a semana online
Voltar ao topo
Google
AdSense






Posto: Bombeiro de 3ª
Corpo de Bombeiro: 0112- Mealhada

MensagemColocada: Qua Jul 19, 2006 6:09 pm    Assunto:
Click Aqui para Ajudar O site
   





Cursos: Tripulante de Ambulância de Transporte, Salvamento e Desencarceramento / Tripulante de Ambulância de Socorro
Voltar ao topo
Mostrar os tópicos anteriores:   
Novo Tópico   Responder a Mensagem    Índice do Fórum www . Bombeiros - Portugal . net Noticias Todos os tempos são GMT
Página 1 de 1

 
Ir para:  
Neste fórum, você Não pode colocar mensagens novas
Não pode responder a mensagens
Não pode editar as suas mensagens
Não pode remover as suas mensagens
Você Não pode votar neste fórum
Você pode anexar ficheiros neste fórum
Você não pode baixar ficheiros neste fórum



Powered by phpBB © 2001, 2005 phpBB Group
Layout por ViPeR5000
Googlepage: GooglePullerPage
eXTReMe Tracker


CSS Valid PHP Valid CSS Valid
server monitor

[ Time: 0.2450s ][ Queries: 29 (0.0904s) ][ Debug on ]