Ainda Não te Registaste? Clica aqui para o fazeres é Gratuito

Índice do Fórum www . Bombeiros - Portugal . net
www . Bombeiros - Portugal . net
O Ponto de Encontro de Todos Os Bombeiros
 
   Página InicialPortal AlbumAlbum  PortalForum FAQFAQ   PesquisarPesquisar   MembrosMembros   GruposGrupos   CalendarioCalendario  Lista de utilizadores BanidosLista de utilizadores Banidos   RegistarRegistar 
 Recomendar site a um amigoRecomendar  PerfilPerfil    Ligar e ver Mensagens PrivadasLigar e ver Mensagens Privadas    EntrarEntrar  Ocorrências ActivasOcorrências Activas  Ocorrências ActivasRisco de Incêndio   LinksLinks   Links>Chat 
 Envie NoticiasEnviar Noticias  VideosVideos  EventosAdicionar Eventos  EventosEnviar Fotografias


Sete concelhos sem SAP


 
Novo Tópico   Responder a Mensagem    Índice do Fórum www . Bombeiros - Portugal . net -> Noticias


Ver mensagem anterior :: Ver mensagem seguinte  
Autor Mensagem
ViPeR5000(Rui Melo)
Site Admin


Sexo: Sexo:Masculino
Registrado em: 11 Jun 2006
Mensagens: 2318
Local/Origem: Mealhada

MensagemColocada: Sex Nov 24, 2006 9:38 am    Assunto:
Sete concelhos sem SAP
    Responder com Citação

Uma manifestação, marcada para hoje, em Trancoso, é, até agora, a contestação mais visível contra o fecho anunciado de sete Serviços de Atendimento Permanente (SAP) durante a noite no distrito da Guarda. Se não houver alterações de maior, a partir do dia 4, metade dos centros de saúde da região passarão a estar fechados entre as 22 horas e as oito da manhã, sendo os utentes encaminhados para os Hospitais Sousa Martins (Guarda) e S. Teotónio (Viseu).

Aguiar da Beira, Almeida, Celorico da Beira, Fornos de Algodres, Pinhel, Sabugal e Trancoso são os primeiros de uma lista que ainda não está fechada e deverá aumentar quando entrarem em funcionamento as unidades básicas de urgência (UBU) de Foz Côa e Seia, previsivelmente durante o próximo ano.

Segundo a coordenadora da Sub-região de Saúde da Guarda, os critérios que prevaleceram nesta decisão prendem-se com as acessibilidades, a qualidade do serviço e o reduzido número de utentes. "A média do atendimento nocturno no distrito é de 0,7% e em alguns destes centros de saúde chega a 0,5%. Por outro lado, é necessário entender que as Urgências devem ser praticadas em locais com condições", adianta.

No entanto, Isabel Coelho acrescenta não ser ainda certo que estes serviços encerrem no dia 4 "Estão criadas as condições para isso, mas estamos dependentes de uma deliberação da Administração Regional de Saúde do Centro", refere.

Uma incerteza que não faz desmobilizar o presidente da Câmara de Trancoso, que já avançou com uma providência cautelar e convocou para hoje uma manifestação de protesto. Júlio Sarmento acusa o Governo de ter "um documento em discussão pública até ao final do mês, mas já parece ter as decisões tomadas" e ameaça com nova manifestação. "Provavelmente na Guarda", a 1 de Dezembro, se a ARS Centro não mudar de opinião.

Por outro lado, avisa que o município está disposto a "patrocinar eventuais processos judiciais contra o Ministério da Saúde" no caso de algum munícipe falecer ou sofrer danos graves por causa do fecho do SAP. "Alguém terá de ser responsabilizado, civil e criminalmente, por uma decisão que representa um sacrifício para cidadãos indefesos", avisa, aguardando pela reunião de segunda-feira com o presidente da ARS.

Dúvidas e certezas

De acordo com a ARS Centro, as UBU previstas funcionarão com dois médicos e dois enfermeiros de serviço, no mínimo, equipamentos de radiologia, electrocardiografia, desfibrilhador e capacidade para realizar análises mais comuns. Serão servidos por uma "boa estrutura" de transportes do INEM e dos bombeiros, assistência articulada com um 'call center' nacional. O serviço telefónico vai orientar os cidadãos em função das prioridades ou da necessidade de transporte. Contudo, António Baptista Ribeiro, da Câmara de Almeida, quer saber mais. "Não nos dizem quais os meios utilizados para transportar os doentes e não identificam a unidade de saúde que servirá Almeida". Em Fornos de Algodres, o autarca diz-se "plenamente de acordo" com o fecho do SAP desde que o Centro de Saúde funcione até à meia-noite e que o hospital de referência seja Viseu em vez da Guarda.

Fonte JN

_________________
O que não me Mata torna-me mais forte.


I'm the ViPeR5000, always faster than you..
Voltar ao topo
Google
AdSense






Posto:
Corpo de Bombeiro: Bombeiro-Portugal

MensagemColocada: Sex Nov 24, 2006 9:38 am    Assunto:
Click Aqui para Ajudar O site
   





Cursos: Técnicas de Socorrismo, Salvamento e Desencarceramento, Combate a Incêndios para equipas de 1ª Intervenção, Fenomenologia da combustão e agentes extintores , Manobras de Apoio á Extinção de Incêndios Urbanos e Industriais / Tripulante de Ambulância de Socorro
Voltar ao topo
Mostrar os tópicos anteriores:   
Novo Tópico   Responder a Mensagem    Índice do Fórum www . Bombeiros - Portugal . net Noticias Todos os tempos são GMT
Página 1 de 1

 
Ir para:  
Neste fórum, você Não pode colocar mensagens novas
Não pode responder a mensagens
Não pode editar as suas mensagens
Não pode remover as suas mensagens
Você Não pode votar neste fórum
Você pode anexar ficheiros neste fórum
Você não pode baixar ficheiros neste fórum



Powered by phpBB © 2001, 2005 phpBB Group
Layout por ViPeR5000
Googlepage: GooglePullerPage
eXTReMe Tracker


CSS Valid PHP Valid CSS Valid
server monitor

[ Time: 0.1617s ][ Queries: 28 (0.0122s) ][ Debug on ]